Mesa redonda sobre a Consciencialização do uso adequado de Antimicrobianos

novembro 24, 2020 - by Gabinete de Comunicação e Imagem - in Dicas & Notícias

No Comments

De 18 a 24 de Novembro, Angola junta-se a Região Africana e a Comunidade Mundial no sentido de encorajar todas as pessoas a manipularem os antimicrobianos com cuidado e a unirem-se em prol da salvaguarda deste importante meio terapêutico.

Apesar da escassez de dados na Região Africana, um estudo recente mostra que está a aparecer uma resistência à artemisinina, um antimicrobiano utilizado no tratamento do paludismo em vários países.

Um em cada 10 casos de tuberculose anteriormente tratada é resistente a um ou mais medicamentos anti-tuberculose assim como há infecções por microrganismos (E. coli) resistentes à certos antibióticos, tornando difícil tratar certos casos de diarréia.

À escala mundial, considera-se que um em cada dez medicamentos é de qualidade inferior ou falsificado e a Região Africana é mais afectada do que outras zonas do globo.

Nos mercados e nas esquinas, as pessoas andam a comprar antibióticos sem garantia de qualidade, sem receita médica.

Os antimicrobianos correspondem à classe de medicamentos que dão mais frequentemente motivos a notificações, esses produtos de qualidade inferior são um factor-chave para a resistência aos antimicrobianos.

Estudos recentes sugerem que 72% dos doentes hospitalizados com COVID-19 receberam antimicrobianos, mas só 8% apresentavam infecções que podem ser tratadas com medicamentos desse género.

A resistência aos antimicrobianos é agravada pelo uso indevido e abusivo de antibióticos pelos seres humanos e nos animais de criação.

A melhoria das questões relativas à água, ao saneamento e à higiene também tem uma importância fundamental na prevenção das doenças e para garantir que resíduos contaminados, que contêm micróbios resistentes, não entram nos sistemas alimentares, sejam eles humanos ou animais.

Têm vindo a ser envidados esforços cada vez mais intensos para lidar com estas questões.

Até agora no corrente ano, seis países africanos aderiram ao Sistema Mundial de Vigilância da Resistência aos Antimicrobianos (GLASS) da OMS inclusive Angola, elevando a participação regional a 27 países no total.

Dez países africanos criaram o seu sistema nacional de vigilância ao consumo de antimicrobianos e outros três países actualizaram a sua lista de medicamentos essenciais, passando a incluir a categorização AwaRe que ajuda a classificar antibióticos com vista a assegurar uma utilização optimizada.

Assim, durante a Semana Mundial de Sensibilização para o Uso Consciente de Antimicrobianos, incentivo a todos a unirmos esforços no combate à resistência aos antimicrobianos em Angola.

Discurso de abertura da Semana de Consciencialização do uso adequado de Antimicrobianos por sua Excelência Sra. Ministra da Saúde, Dra. Sílvia Lutucuta.

 

Link: https://us02web.zoom.us/j/84814515027
ID de reunião (ID de reunião): 848 1451 5027

Share this article

Gabinete de Comunicação e Imagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

9 + nineteen =

×

Make an appointment and we’ll contact you.

Nome (obrigatório)

Sobrenome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem